Skip to main content

Feature Driven Development (FDD) é uma metodologia ágil que se destaca no universo do desenvolvimento de software pela sua abordagem estruturada e orientada a objetos. 

Nesse sentido, entender como o FDD funciona é crucial para equipes que desejam aprimorar a colaboração e aumentar a eficiência na entrega de projetos complexos. 

Isso porque esta metodologia ágil enfatiza a importância de se dividir o desenvolvimento em características palpáveis, permitindo um progresso mensurável e contínuo. 

Ou seja, ao entendê-la, os desenvolvedores e gestores de projeto podem descobrir novas maneiras de enfrentar desafios, otimizar workflows e alcançar objetivos com maior clareza e previsibilidade. 

Continue a leitura e conheça as facetas do Feature Driven Development e como ele pode revolucionar o desenvolvimento ágil em sua organização. 

O que é Feature Driven Development (FDD)?

Feature Driven Development (FDD) é uma metodologia ágil focada em características específicas do produto, visando à entrega frequente de valor ao cliente.

Nesse sentido, ela se baseia na decomposição de funcionalidades em partes menores, chamadas de “features”, que são desenvolvidas em ciclos curtos e iterativos. Isso permite um acompanhamento mais detalhado do progresso e facilita a detecção precoce de problemas.

Ou seja, essa metodologia valoriza a simplicidade e a clareza, com modelos visuais que facilitam a compreensão do projeto. Além disso, promove uma comunicação eficaz entre os membros da equipe, o que é essencial para o sucesso do desenvolvimento ágil.

Como funciona o Feature Driven Development?

O Feature Driven Development funciona através de ciclos iterativos e focados em características específicas, chamadas de “features”. 

Essa metodologia divide o processo de desenvolvimento em etapas menores, permitindo entregas mais rápidas e eficientes, e facilitando o acompanhamento do progresso.

Os cinco processos do FDD 

O FDD é estruturado em cinco processos: 

  • desenvolvimento de um modelo geral;
  • criação de uma lista de funcionalidades;
  • planejamento por feature;
  • design por feature; 
  • construção por feature. 

Em suma, cada processo tem um objetivo específico, desde a compreensão do escopo até a entrega de partes funcionais do software, garantindo que cada feature seja alinhada aos requisitos do cliente e contribua para o produto final.

Modelagem e desenvolvimento orientados a features 

imagem ilustrativa para o texto sobre Feature Driven Development FDD 1

A modelagem no FDD começa com a criação de um modelo de domínio, que serve como base para a identificação de features. Essas features são então desenvolvidas individualmente, seguindo os princípios de design orientado a objetos. 

Sendo assim, esse enfoque permite que a equipe se concentre em pequenas seções do projeto de cada vez, tornando o desenvolvimento mais gerenciável e propenso a menos erros, além de facilitar a detecção e correção de falhas em estágios iniciais.

Boas práticas no uso do Feature Driven Development

Quando bem aplicada, o FDD pode aprimorar significativamente o processo de desenvolvimento de software. Algumas boas práticas são fundamentais para o sucesso do uso do FDD:

  • Modelagem orientada a objetos de domínio: Essencial para entender o negócio e refletir essa compreensão no design do software;
  • Desenvolvimento por Feature: Permite que as equipes se concentrem em pequenas seções de funcionalidade, garantindo atenção aos detalhes e qualidade;
  • Código proprietário: Cada desenvolvedor é responsável por um conjunto de funcionalidades, promovendo a responsabilidade e a especialização;
  • Inspeções regulares: Asseguram que o código atende aos padrões de qualidade antes de avançar para a próxima etapa;
  • Integração regular: Evita a divergência de código e facilita a entrega contínua de funcionalidades.

Documentação no Feature Driven Development

A documentação no Feature Driven Development é concisa, focando em funcionalidades claras e rastreáveis.

Documentação de funcionalidades

Documentação de funcionalidades no FDD é vital. Ela detalha cada funcionalidade, sua lógica e interações no sistema, servindo de guia para desenvolvedores e stakeholders. 

Contudo, esta documentação deve ser precisa, facilitando o entendimento rápido e a implementação eficaz, além de ajudar na manutenção e na comunicação entre a equipe.

Revisão e manutenção da documentação

A revisão e manutenção da documentação no FDD são contínuas. Conforme as funcionalidades evoluem, a documentação deve ser atualizada para refletir mudanças, garantindo que todos os envolvidos tenham acesso às informações mais recentes. 

Em suma, isso minimiza inconsistências e mantém a documentação como um recurso confiável.

Benefícios do Feature Driven Development (FDD)

O Feature Driven Development (FDD) oferece benefícios significativos, como a entrega constante de valor ao cliente, através do desenvolvimento incremental de features. 

Nesse sentido, essa abordagem assegura que cada funcionalidade entregue esteja alinhada com as necessidades do cliente, maximizando o valor do produto final. 

Além disso, o FDD melhora a comunicação entre as equipes, pois a clareza das features facilita o entendimento comum dos objetivos.

Isso resulta em maior colaboração e eficiência, com a equipe trabalhando de forma coesa para alcançar os resultados desejados de maneira eficaz.

Feature Driven Development e a complementaridade com a metodologia Scrum

Diferente do Scrum, que é um framework de gerenciamento projetado para melhorar a organização de equipes, o FDD concentra-se nas tarefas de desenvolvimento semanais. Embora distintas, essas abordagens são complementares. 

O FDD pode ser visto como uma especialização do Scrum no contexto de desenvolvimento de software, e a combinação de ambos pode levar a uma produtividade otimizada.

imagem ilustrativa para o texto sobre Feature Driven Development FDD 2

Acelere seus resultados com times ágeis de desenvolvimento

Como vimos, Feature Driven Development (FDD) é uma metodologia ágil, que acelera resultados ao enfatizar o valor coletivo sobre as partes individuais. 

Inclusive, ao focar no desenvolvimento orientado a recursos, o FDD evita problemas futuros na implementação, já que todos na equipe têm uma visão clara do objetivo comum. 

Além disso, ela pode ser agregada ao Scrum, metodologia ágil em que a CTC atua por meio da solução de desenvolvimento de sistemas, com alocação e gestão de squads de TI. 

Portanto, se você deseja impulsionar seu negócio com times ágeis e uma solução de desenvolvimento de sistemas eficaz, a CTC é a escolha certa. Entre em contato com a CTC agora mesmo!

Gostou do conteúdo? Então, continue acompanhando o Blog da CTC!