Segurança em home office: aplique com gestão 4.0

O teletrabalho veio para ficar, mas isso cria uma nova preocupação: a segurança em home office. Dessa forma, agora é o momento para repensar as brechas criadas com a migração para o modelo remoto. Ao tornar recursos e acessos acessíveis fora do ambiente corporativo, saber mapear as possíveis ações para evitar vazamentos e invasões é crucial. O conceito de gestão 4.0 prevê trabalhar dentro das expectativas e interações com os clientes e pode agravar as consequências em um cenário como este. Isso acontece porque, dentro da empresa, será preciso realizar ciclos mais rápidos, o que coloca um grande peso na virtualização de dados e análises em tempo real. Assim, do mesmo jeito que o potencial da equipe pode ser melhor explorado, é preciso fornecer uma maior autonomia e acessibilidade aos colaboradores. Felizmente a solução para manter essa estrutura em movimento e segura está em algumas práticas relativamente simples. Vamos conferi-las?

1 – A segurança em home office depende de uma infraestrutura sempre disponível.

Em primeiro lugar, é preciso garantir que o acesso aos recursos virtuais da empresa seja garantido e monitorado pela equipe de TI. Ela poderá assegurar caminhos seguros e estáveis para a circulação das informações em tempo real na equipe. Assim, realize reuniões com esse time para entender o escopo das demanda e os possíveis perigos. Além disso, certifique-se da disponibilidade desse time nos períodos de maior acesso. Dessa forma, você torna qualquer problema mais fácil e rápido de ser resolvido, preservando o tempo das demandas.

2 – Mantenha seu inventário de ativos em dia.

Outro ponto importante é entender quem está usando quais recursos e de forma. A equipe de TI pode te mostrar quais equipes tem acesso a quais recursos. Contudo, você como gestor, precisa entender com maior profundidade como os recursos estão sendo usados. Principalmente, você deve saber quais deles são restritos para a empresa, os acessos a certos tipos de informações e onde elas estão consolidadas. O seu time de TI pode te ajudar em muito nessa tarefa, mas você é a pessoa mais indicada para deter esse tipo de informação. Apenas assim seu acompanhamento pode ser feito de maneira mais proativa e cuidadosa para qualquer projeto ou eventualidade.

3 – Quer praticidade, velocidade e segurança em home office? Só na nuvem!

Se sua empresa ainda está presa a redes internas e servidores, sua segurança em home office precisa de atenção urgente. Nada impede que esses recursos continuem sendo usados, mas a tecnologia em nuvem permite que eles sejam potencializados, com menor custo e maior velocidade e segurança. Essa disponibilidade garante uma camada extra de segurança vinda de seus fornecedores. Dessa forma, qualquer prática interna de segurança é reforçada. A cloud é um recurso estável, confiável, acessível e imprescíndivel para a segurança das suas informações.

4 – Incentive a manutenção preventiva e práticas de segurança no seu time.

Achar que “tecnologia é responsabilidade exclusiva do time de TI” é errônea. Todos do seu time precisam entender os elementos básicos de tecnologia para garantir que o TI apenas seja acionado quando preciso. Alguns recursos que você deve abordar internamente é a importância e o uso correto de VPNs e a atualização frequente de softwares, especialmente antivírus. Além disso, uma cultura de práticas de segurança virtual, como cuidado com e-mails desconhecidos, fornecimento de dados e comportamentos suspeitos, além de manutenção preventiva básica dos recursos garantem ganhos em tempo e eficiência.

5 – Crie canais que promovam a segurança em home office, como o service desk.

Permitir que a segurança em home office seja facilmente acessível é mandatório para empresas de grande porte com times em teletrabalho. Em breve, todas os setores disponibilizarão algum canal que permita a solução rápida de parte dos problemas de tecnologia. Por mais viável que seja construí-lo internamente, repense se você não sobrecarregaria seu time de TI sem necessidade. Uma sugestão é avaliar se o outsourcing dessa atividade não pode ser uma mudança mais eficiente e de melhor custo. Faça suas pesquisas e converse com seu time. Gostou do conteúdo? Nós fizemos um e-book especialmente para verificar os principais pontos para manter sua operação em home office sem problemas. Baixe gratuitamente aqui!